A qualidade de vida do diabético é prejudicada quando não há um controle adequado dos níveis de açúcar no sangue. Algumas alterações típicas que preocupam médicos e pacientes são a neuropatia diabética (comprometimento dos nervos), problemas circulatórios (diminuição na circulação sanguínea) e alterações na pele. Essas alterações podem ser simples como rachaduras e calos na pele, podendo se tornar graves a ponto de resultar em amputações.

 Quando existe a presença da neuropatia, os sintomas mais comuns são: formigamento, sensação de ardência e diminuição da sensibilidade. A pessoa com Diabetes que apresenta esses sintomas não percebe um sapato apertado, um objeto quente ou dor após o corte inadequado das unhas, favorecendo o aparecimento de lesões na pele. Assim, quando a integridade da pele é perdida, a possibilidade de ocorrer uma infecção é muito maior. Essas alterações associadas aos problemas circulatórios dificultam a cicatrização.
 

 

Por tudo isso, o paciente diabético deve ter extremo cuidado com seus pés e consultar seu médico sempre que notar algum tipo de alteração.

Assine nossa Newsletter
Receba novidades, ofertas e cupons.